A área da tecnologia vem crescendo cada vez mais, e um dos motivos por isso acontecer, é a capacidade criativa de seus profissionais em resolver desafios.

E também podemos notar isso através do filmes sobre tecnologia.

Um dos segmentos que mais vem crescendo é a engenharia de software, que engloba toda a matéria de desenvolvimento de sistemas.

Quando você está aprendendo programação, é fácil estudar horas e horas em tutoriais que não terá grande relevância para sua carreira. Por isso, é importante ter uma atenção especial para as fontes de seu estudo.

Neste artigo, vamos entender quais são os melhores métodos para aprender programação.

Não há, necessariamente, uma melhor maneira de aprender a programar. Cada método tem seus prós e contras e é o que vamos discutir neste artigo.

No entanto, a maioria dos desenvolvedores tem uma maneira ideal de aprender uma linguagem.

A maioria aprende testando, desenvolvendo por conta própria. Outros preferem ter uma aula, em formato passo a passo.

Portanto, vamos apresentar algumas maneiras comuns de aprender programação.

Aulas presenciais

Assistir a uma programação de aula ou workshop, é a maneira tradicional para aprender a programar.

O interessante de fazer aulas presenciais é que você pode fazer perguntas e interagir com o professor.

Com os exercícios ministrados pelo professor, você também aprende na prática com exemplos do mercado.

O contra é que você não pode voltar a assistir a mesma aula em caso de dúvida.

Para ter algo similar, você terá que fazer suas anotações durante a aula, o que pode te deixar disperso ao conhecimento que está sendo explicado.

Compre um bom livro de programação

Talvez, você possa pensar que a maioria dos livros sobre programação são um método ultrapassado para aprender uma linguagem de programação. Na verdade, é possível ter muita coisa boa e útil com aprendizado de livros.

A maioria dos livros podem ser comprados em lojas virtuais, em formato e-book, ou você pode tê-los entregue a você em forma física.

Com a ajuda de livros, você tem a certeza de que você está recebendo a sua informação de uma fonte confiável e revisada. 

Livros, muitas vezes, são guias completos para o assunto, informando tudo que você precisa saber.

Há uma abundância de livros para cada linguagem de programação. Encontrar um bom livro não será um problema.

Cursos pela Internet

Quando falamos de cursos online, temos certeza de que temos os mesmos benefícios de uma aula presencial, só que com mais vantagens.

Na maioria das vezes, consiste no instrutor gravando sua própria tela, normalmente com uma narração explicando o seu código e o porque foi desenvolvido.

Um bom exemplo é o curso PHP do Zero ao Profissional, que é um curso específico para linguagem PHP, onde o professor Bonieky trata de assuntos específicos de programação PHP.

O bom deste método, é que você conhecerá a maneira correta desde o início, e você pode visualizar as aulas quantas vezes desejar.

Exercícios Práticos

Para quem gosta da prática, este é um jeito de aprender fazendo. E, assim como qualquer outro método, tem seus prós e contras.

Aprender fazendo, você estará criando códigos rapidamente, no entanto, sem uma base forte para desenvolver sistemas fora do proposto, o que pode diminuir sua criatividade na resolução de problemas.

Conclusão

A maioria dos desenvolvedores têm a sua forma preferida de aprender, mas isso não significa que você tenha que concordar com eles.

A verdade é que a área de desenvolvimento de software é enorme, e requer que o profissional se adapte as necessidades do mercado.

E por isso, você terá que estudar bastante para aprender como ser um programador de sucesso.

Cada forma tem seus prós e contras, e você é bem-vindo para fazer a sua própria escolha e decidir o que é melhor para você. Não há resposta certa ou errada. Se ficou alguma dúvida, deixe um comentário abaixo.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!